Compartilhe:



Em Serra do Navio, Secretário de Saúde que foi contra a coronavac, fura a fila na vacinação contra a Covid-19

As redes sociais não deixam nada passar despercebido. O secretário municipal de Saúde de Serra do Navio, Randolph Scooth, furou a fila para tomar a vacina Coronavac na primeira semana da campanha de imunização no Amapá. As imagens do negacionista bolsonarista tomando a coronavac tomaram conta das redes sociais na manhã desta quinta-feira, 21, gerando uma enxurrada de críticas de internautas.

O curioso é que Randolph Scooth, até poucos meses se colocava como crítico ferrenho da vacina Coronavac, batizada de vacina chinesa por apoiadores sectários do presidente Jair Bolsonaro, se alinhando ao negacionismo e fazendo uma campanha contra o uso da vacina no país, direcionando fortes críticas e até mesmo criando fakenews contra os cientistas do Instituto Butantan e atacando o governador de São Paulo, João Dória (PSDB).

O município de Serra do Navio que junto com Pedra Branca estão localizado às margens da Perimetral Norte, também é privilegiado por ter o Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque.

Na região também encontramos terras indígenas. Durante a pandemia, os índios Wãiapi ficaram isolados e muitos adoeceram por conta do coronovírus. De acordo com os planos nacional e estadual de imunização, os índios estariam na lista de prioridades junto com os profissionais de saúde para serem imunizados.

O curioso é que Randolfph Scoot não é índio, mas um bolsonarista assumido, crítico da ciência e da vacina, mas no momento que as primeiras doses de vacina chegam ao Amapá, o ditado do “farinha pouca, meu pirão primeiro”, foi colocado em prática pelo gestor da Saúde Municipal de Serra do Navio, que também se reivindica jornalista.

Nas redes sociais, vários internautas e jornalistas, repudiaram a postura adotada pelo secretário de Serra do Navio. Com a palavra o prefeito, o MP e os vereadores da cidade.

O que diz a Prefeitura de Serra do Navio?

A reportagem tentou manter contato com o prefeito Elson Belo, mas ele não atendeu as inúmeras ligações da editoria. Conseguimos contato com a vice-prefeita, que ficou de retornar para prestar esclarecimentos sobre medidas que a gestão deve adotar. Segundo a vice-prefeita, o secretário de Saúde seria do grupo de risco, mas não deu detalhes do motivo dele ser um dos primeiros a tomar a vacina, já que pelo plano de imunização, primeiro devem tomar a vacina, os profissionais de saúde, principalmente os que estão na linha de frente.




Deixe seu Comentário