Compartilhe:



Helena Lima pedirá apoio federal de Davi Alcolumbre para as 400 famílias que ocupam área no Delta

A articulação em busca do apoio político do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), será liderada pela presidente da Câmara de Santana, vereadora Helena Lima, que reinvindicará apoio e recursos federais para resolução dos problemas fundiários e habitacionais envolvendo cerca de 400 famílias que ocupam área no Delta do Matapi.

A mediação de mais um conflito fundiário em Santana, aconteceu nesta sexta-feira, 08, durante uma audiência pública realizada na Câmara Municipal de Santana (CMS). A vereadora Helena Lima, presidente da CMS, falou sobre a importância de buscar uma solução política para resolver o problema das mais de 400 famílias que encontram-se acampadas há mais de 40 dias às margens da estrada do bairro do Delta do Matapi. A presidente afirmou que vai pedir apoio do presidente do Senado Davi Alcolumbre para tentar resolver o problema.

"Vamos buscar apoio federal junto ao senador Davi Alcolumbre, presidente do Senado, e pedir ajuda de todos os membros da bancada federal no sentido de serem solidários com as famílias que estão acampadas no Delta do Matapi. Santana necessita urgentemente de grandes projetos para a construção de moradias e agora podemos pleitear isso, pois temos no senador Davi, um forte aliado e grande parceiro das pautas de Santana," afirmou a presidente Helena Lima.

Para a presidente da Câmara de Santana, é necessário um estudo jurídico aprofundado que exponha toda a situação do processo previsto de implantação da obra da Bacia de Decantação, que começou a ser construída anos atrás na área e que foi paralisada pela Prefeitura de Santana. A obra já tem mais de 12 anos e até o presente momento não foi concluída. Por conta disso, dezenas de famílias cobram a destinação da área para que possam construir moradias.

“Coloco a disposição a assessoria jurídica do nosso mandato e da Câmara para que se faça um estudo mais aprofundado, para que possamos saber como está a real situação desse projeto que prevê a construção da bacia. Estamos do lado de quem precisa, mas sabemos que as decisões precisam ser tomadas com responsabilidade”, garantiu a presidente da Câmara.

Estima-se que mais de 400 famílias estão pleiteando a área. A Prefeitura Municipal de Santana, representada pelo Secretário de Desenvolvimento Urbano, anunciou que a Procuradoria Geral do Município já entrou com uma ação de reintegração de posse da área junto ao judiciário.

"Essas famílias não podem ficar desamparadas e nós como vereadores e representantes mais próximos do povo, temos que dar total apoio às famílias", finalizou Helena Lima.




Deixe seu Comentário

Featured Posts