Compartilhe:



Deputado Camilo reafirma os compromissos assumidos com amapaenses

O deputado federal Camilo Capiberibe (PSB/AP) subiu à Tribuna da Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (7), para agradecer cada um dos 24.987 votos recebidos dos amapaenses que lhe deram a posição de mais votado para o cargo na última eleição. Destacou que entre os setores da sociedade responsáveis por elegê-lo estão quilombolas, ribeirinhos, agricultores familiares, servidores públicos, profissionais liberais, micro e pequeno empresários e indígenas.

Profundo conhecedor do estado – já foi deputado estadual e governador – Camilo abordou temas de interesses do Amapá relacionados à economia, direitos humanos, saúde, meio ambiente e reforma previdenciária.

“Vou trabalhar pelo desenvolvimento da Companhia Docas de Santana. Não é possível aceitar que num estado dependente da economia do contracheque estejamos desperdiçando nossa posição geográfica privilegiada”. Ele ressaltou a importância de políticas para promover o desenvolvimento da região de fronteira e a pavimentação da rodovia BR 156 para integrar o estado entre si e com a Guiana Francesa e a União Europeia.

Capiberibe disse que cobrará com firmeza para que o governo do estado coloque para funcionar as obras que considera importantes para cuidar da saúde dos amapaenses. Entre elas citou a Maternidade de Parto Normal da Zona Norte, pronta desde 2015, a revitalização do Hospital de Clínicas Alberto Lima, as unidades do SAMU em sete municípios, concluídas faz 5 anos. “Vou lutar também pela retomada das cirurgias de catarata do projeto Visão Para Todos”, destacou.

Ele reiterou os compromissos na defesa da população mais carente e no combate à corrupção para investigar e dar punição justa aos crimes e pediu que a Câmara aprove o projeto de gestão Compartilhada na administração pública, do ex-senador João Capiberibe.

Em relação ao meio ambiente, mostrou-se preocupado com a exploração de minérios. “Vou lutar para que a mineração, uma das grandes vocações do nosso Estado, seja viabilizada com sustentabilidade e responsabilidade”, garantiu.

Camilo lembrou que o País viveu uma ditadura violenta que torturou, exilou e matou brasileiros, nos privou do voto direto e censurou a imprensa, e por isso combaterá o revisionismo.

“Trago a determinação de trabalhar para fortalecer nossa democracia, promover o desenvolvimento sustentável e responsável, a reparação das dívidas históricas do Estado brasileiro com a Amazônia, a inclusão e a justiça social”, concluiu Capiberibe.




Deixe seu Comentário

Featured Posts